Dúvidas Atrozes? Perguntas Cruéis?

Dúvidas Atrozes? Perguntas Cruéis?

Quem me conhece deve recordar que este é um dos meus bordões mais famosos na minha prática profissional como docente. Mas por que abrir uma página com esse título?

A explicação parece-me bastante fácil de dar. Acredito que muitos alunos temem (desconheço, voluntariamente, a razão desse temor) entrar nem debate mais aberto. Medo de estar errado? Bem, acredito muito que errando se aprende a acertar, mas não posso obrigar alguém a aceitar esta teoria como válida. Foi pensando naqueles que têm esse temor que resolvi oferecer este espaço para que possam questionar. Perguntar é bem diferente de afirmar e não me obriga a justificativas.

Então, sobre o que aqui é dito - ou silenciado - fiquem à vontade para perguntar. Mas antes de começarmos devo dois pequenos esclarecimentos: 1 - Não sou dono do saber, logo, não imagine que vai ter todas as respostas que espera, pois talvez eu as não tenha; 2 - Qualquer resposta que eu venha a dar representará APENAS a minha opinião a respeito do assunto, jamais uma verdade absoluta ou a visão de outras pessoas. Você terá todo o direito de discordar da minha opinião, no entanto, espero da sua parte o respeito que deseja que eu tenha por si, lembre-se que se eu lhe estou dando uma resposta foi porque você me fez a pergunta.

No resto, acredito piamente que nossas relações serão as mais cordeais possíveis. Para perguntar use a caixa abaixo